Vender a empresa: cenário de oportunidade e situações a acautelar

Em 2 years ago

Receber propostas de compra para a vossa empresa é sempre algo que origina muitas dúvidas mas que não deve ser encarado como algo dramático.

É um cenário normal numa empresa de sucesso e o principal problema é a pressão, o tempo limitado para chegar a uma decisão. Nem sempre é fácil analisar todos os elementos e neste artigo vamos acompanhar alguns cenários e cuidados a ter.

Preço de oferta.

Há que considerar o preço de oferta, valorizando cada elemento, incluindo elementos que não são facilmente quantificáveis com o valor da carteira de clientes ou a qualidade dos funcionários.

Devemos ter em conta que muitos elementos não são possíveis de assegurar num futuro próximo da empresa, clientes partem e os colaboradores de mais valor também.

É importante tentar aproveitar as sinergias que podem surgir entre a empresa que propõem a aquisição e a vossa empresa. Podem valer mais depois de juntas que somando o seus valores em separado, o que também deve ser alvo de compensação em caso de venda.

Caso tenham outras ofertas alternativas, é sempre benéfico estabelecer comparações, o que pode ser difícil caso a outra empresa seja maior e se movimente em outro contexto.

Um software de faturação como o Sage One pode prestar um auxílio substancial ao permitir elaborar relatórios de gestão para uma melhor analise dos pontos fortes da empresa.

Formas de pagamento.

Existem várias formas de pagamento e diferentes situações. O pagamento em ações ou com uma participação social (?) são uma opção válida e mesmo o cenário de uma fusão deve ser tido em conta.

Importa saber se procuram desvincular-se de forma definitiva da empresa, dedicando-se a outros projetos e investido o ganho com a venda  ou se procuram uma situação intermédia.

Em geral uma fusão atribui o controlo da empresa a quem faz a oferta mas não é obrigatório que assim seja. O resultado será ditado por negociações, pela entrada ou saída de sócios e pelo capital investido.

Continuidade ou rutura.

Importa decidir se desejam uma situação em que continuam com uma ligação à empresa ou se desejam desligar-se. Por vezes pode ser interessante continuar a desenvolver projetos em parceria, aproveitando essas sinergias.

Se for um negócio familiar ocorre vulgarmente que numerosos membros da família ocupam funções na empresa, o que pode originar situações desagradáveis que importa acautelar. Negociar compensações procurando encontrar uma medida justa para cada situação.

Caso decidam desligar-se podem aproveitar a oportunidade para investir em novos negócios ou pagar dividas e resolver problemas em outros projetos que já tenham.

Efeitos na comunidade.

Numa venda importa também acautelar todos os efeitos para a comunidade em que a empresa se insere, uma repercussão negativa pode condicionar a aceitação de futuros projetos da empresa.