A regra dos 5 segundos: combater a inércia e conseguir ser mais produtivo

Em 2 weeks ago
4fmanha

Quantas vezes um empreendedor se sente completamente submergido em tarefas e sem conseguir decidir-se a realizar nenhuma delas, com uma sensação cada vez maior de impotência e cansaço.

A pressão a que estamos sujeitos e a necessidade de encontrar resposta para sermos mais eficazes e produtivos, levaram a psicologia e mesmo a neurologia a dedicar-se sobre estes temas, levando a surgir diferentes teorias. A regra dos 5 segundos baseia-se na observação de que o nosso cérebro procura evitar perigos, procura de uma forma conservadora evitar riscos.

A verdade é que muitas vezes temos um conhecimento intuitivo daquilo que devemos fazer para ultrapassar dificuldades, alcançar a felicidade ou o sucesso mas debatemo-nos com a inércia que nos afasta de tomar decisões arriscadas ou cujos os resultados são incerto ou esperamos por um momento em que vamos ter vontade de realizar estas tarefas importantes mas desagradáveis.

Seguir a intuição.

São apenas 5 segundos aqueles em que consideramos soluções audaciosas para os nosso problemas e chegamos até elas num pensamento intuito. Mel Robbins, cujo o sucesso se deu após a sua apresentação numa Ted Talk, defende que podemos fazer uma contagem de 5 a 0, após a qual conseguimos realizar as tarefas que tanto nos custam. Um treino simples que procura disciplinar o comportamento e atitude cerebral.

O logro da motivação.

Esta autora defende que existem muitas tarefas para as quais nunca vamos sentir entusiasmo e para as quais escusamos de procurar motivação. São tarefas necessárias de serem executadas e seja por nos desagradam, seja porque implicam risco vamos adiando.

5 segundos para transformar a nossa vida.

Os cinco segundos abrem uma janela de oportunidade, um tempo de preparação e o assumir de que existe um prazo limite para executar aquelas tarefas. Uma técnica simples e eficaz para ultrapassar a auto sabotagem e recuperar controlo, ultrapassando bloqueios.

Neste tempo de elevada competição é sempre útil estarmos familiarizados com formas de superar dificuldades e não devemos neste aspeto alienar o papel da tecnologia.  O acesso a software de faturação é uma inovação que veio beneficiar de forma extraordinária a vida dos empresários e eliminar muitas das tarefas que adiavam por inércia.

A produtividade humana pode sempre ser encarada de duas formas, uma relacionada com a tecnologia e outra com a nossa natureza humana, que só através da psicologia e ciência podemos compreender.